segunda-feira, 23 de maio de 2011

Porque é tudo tão chato, é tudo tão limpo, o certo fica errado de repente, enquanto dormimos na falsa paz que nos carrega sedados de um dia para o outro

quinta-feira, 19 de maio de 2011

=)

não sei por onde começar, mas sabe quando você sabe que precisa começar alguma coisa, que a sua alma, seu coração, nada em você, nem mesmo seu corpo, com tremedeiras, batidinhas de pé, ou leves passadas no cabelo, vão sossegar enquanto você não começar, não descobrir ou não terminar alguma coisa da forma certa? sabe quando uma palavra se torna clichê, chata, e até cansativa de ouvir mas essa palavra é muito importante, tem um peso altamente reconhecivel e um significado pra você, que só você mesmo pode sentir? que apesar de tanta gente tentar te fazer esquecer, te dizer que é errado e que aquilo é uma grande merda, o seu limite não chega, e isso passa a te esgotar, a te cansar de maneira que alem de afetar seu psicologico, acaba afetando seu fisico?  
prazer a minha palavra é passado. significado de passado no dicionário:
adj. Referente a um tempo já findo.
Diz-se de uma coisa que o tempo fez envelhecer, ou deteriorou.
S.m. O tempo de outrora.
Gramática Pretérito, forma verbal que situa a ação num tempo anterior ao momento em que se fala.
Fig. Desapontado, atordoado.

não sei se algo muda, ou se a ordem dos fatores não alteram o produto. mas concordo plenamente que passado é algo que se deva esquecer. se você tem milhões de opções de milhões de coisas pra vestir, pra fazer, pra sentir e pra ser, pra que afinal bater na mesma tecla? sei o quanto é dificil conseguir colocar isso na cabeça, e acreditar que seja verdade. mas tenho preferido me repetir isso todo dia. que todas as manhãs, são uma nova chance, e mesmo que algumas sejam desperdiçadas outras virão como recompensa! procuro acreditar plenamente que sou eu que me escrevo, que eu tenho consciencia de tudo que faço, e que só eu posso me mudar se preciso for, e que o unico motivo plausivel que possa se existir pra isso, sou eu mesma! certeza certeza nao dou pra nada que falo. mas garanto que aprendi a me amar, mesmo com alguns vacilos! e como aprendi. nada de egoismo ou coisa parecida, só amor próprio, aquele amor da gente pra gente.
a porta tá aberta por mais que não esteja visivel, a porta e o coração! e não precisa ter medo de chegar! cada pessoa é uma oportunidade de felicidade, e não importa quantos defeitos possa se achar, são eles que fazem a verdade.ninguem é bonitinho, certo, santo e educado. eu gosto de defeito, e gosto de coisa simples também! mas é dificil achar gente que se mostre de verdade, e quem me dera que nao fosse assim. 
a unica coisa que tenho certa agora, é que eu preciso começar algo, porque o que era passado vai ficar no seu devido lugar, e a minha palavra então será: presente!


presente no dicionário:
presente (pre-sen-te)
adj.
Que está no lugar de que se fala.
Que está no tempo atual.
Fig. Que permanece.
S.m. Pessoa que comparece a certo lugar, em certo momento.
Dádiva, mimo, oferenda.


...

quarta-feira, 27 de abril de 2011

por mim!

por vezes acho que me acostumei, e que nada mais me abala, ou me impressiona. acho engraçado também! e imagino a minha face como quando algo ao qual eu achava impossivel acontece, e eu metaforicamente tomo susto! afinal, dizem por ai que tudo pode acontecer, e não é que é acontece mesmo? é incrivel como pessoas que você conhece a anos, simplismente desacreditam em você, duvidam do seu caráter, e te julgam. pessoas que você jurava que te conheciam, e ainda conseguem coragem para dizer: "digo isso porque te conheço." e voce sabe que aquilo é mentira, mas ainda sim voce se sente um lixo, se martiliza, chora, grita, desiste. mas por incrivel que tudo pareça, tem sempre aquela voz lá dentro, que você faz força pra nao ouvir milhões de vezes em milhões de situações. ahhh, vai dizer que você nao sabia que amor próprio tem voz? que o seu caráter, e o seu interior, tentam te dizer o tempo todo, e é culpa sua  ouvir apenas quando é tarde demais? eu resolvi ouvir, e dou minha palavra, vale a pena! não juro, mas pretendo não me martilizar mais por maldade nenhuma, por fofoca nenhuma! se eu tivesse que fazer exatamente tudo que as pessoas querem, nao deveria nem ao menos ter nascido. se eu deixasse de fazer o que tenho, o que quero e o que sinto que devo, cada vez que "qualquer" pessoa (porque é assim que algumas se tornam) me diz pra nao fazer alguma coisa ou acham que não devo, nem na minha cama eu deitaria, porque a minha mãe diz que pode chegar visita, e vai ta tudo desarrumado. se eu realmente tivesse que dar ideia, pra pessoas covardes, pessoas maldosas, pessoas interesseiras e fofoqueiras, ora bolas, já estaria morta. até porque me assumo como extremos, e sem medo. quando não me amam, me odeiam. simples assim mesmo, e se eu fosse me importar em agradar a qualquer pessoa que nao seja eu, deixaria de ser quem sou, e quem me aguentaria alem de mim mesma, que ja me aguento a vida inteira, quem seria eu melhor que eu mesma? e olha poucas vezes me canso, mas isso só porque aprendi a ter amor proprio. o que me parece muito bom! eu sou, eu posso, eu vou, eu quero! eu somente eu. e nao, nao acho que se chame egoismo, ou que coloque o meu ego em primeiro lugar e passe por cima de tudo. nao! nao mesmo, é sério! amo muitas pessoas das quais nunca faria mal por desejo nenhum, por circunstancia nenhuma. mas isso só porque sei que elas fariam o mesmo por mim, jamais fariam nada pra me magoar, ou me machucar, ou me enganar! e meu inconsciente sabe disso, e me avisa sem que eu perceba. nao estou arrependida por nada que fiz na minha vida e estou generalizando. nem pelos meus momentos de loucura completa, que hoje vejo, me serviram de lição completa, infeliz mas completa. nao me arrependo de nenhum beijo, de nenhum vacilo, de nenhum prazer, de nenhum deslize. tudo isso vai me servir, que seja pra me arrepender um dia. hoje eu estou feliz, estou em paz, e serena, acredito no meu caráter, sei que erro mas ainda sim, me sinto boa, me sinto sã. não sou perfeita, e fico feliz por isso, porque ninguém é! eu me amo, eu me quero e eu me sinto. isso tudo da forma mais bem sucedida que possa acontecer. nasci pra ser corajosa, demorei tanto pra chegar aqui, e lutaram tanto pra que eu chegasse.  e por merito a mim mesma, eu nao vou desistir! ahhhh mas nao vou mesmo. suponhamos que eu me sinta abençoada. =)


por: Mim! =) julia rabello fontes queiroz ramalho .



"sou como você me vê. posso ser leve como uma brisa ou forte como uma ventania,  depende de quando e como você me vê passar.

"minha cabeça não para. sempre lista de tudo, para eu poder saber, nos mínimos detalhes, todas as coisas chatas que não vou fazer. junto tudo, boto números, pra saber do que abro mão e chuto longe e deixo voar. as coisas mas eu fico. e daí já estou presa a outras coisas todas que preciso organizar pra não fazer. eu organizo minha impossibilidade o tempo todo. pra saber que deixei de .. e não fui deixada de."
"eu não gosto de você. é muito importante que isso fique bem claro. não porque sou boa e não quero te iludir, mas porque preciso sempre deixar claro quando não gosto de alguém. me sinto muito grandiosa me separando de gente assim "olha, eu sou gente o suficiente pra saber que tipo de gente eu não sou, e eu não sou você. que bom!"

ai ai



"se envolver é risco alto demais pra deixar minha liberdade assim, em cheque! - mate? sem fundos? se devolvido, quase caridade .. quero alguem de vontades tão intensar e impulsivas como essas minhas, tão imcompreendidas, porém doces. juro quase carameladas." (camila p.) ♥

quinta-feira, 7 de abril de 2011

é por pura bondade que sou boa.


eu te amo, mas quero viver sozinha
eu não te amo, mas preciso dormir com alguém
eu te amo, mas sonho em ter outros homens
eu não te amo, mas quero ter um filho
eu te amo, mas não posso prometer nada
eu não te amo, mas prefiro jantar acompanhada
eu te amo, mas preciso fazer uma viagem
eu não te amo, mas me cobram uma companhia
eu te amo, mas não sei amar
eu não te amo, mas queria.

=)

se você me ligasse a gente poderia ter uma conversa séria a respeito da solidão e do tédio do mundo e resolver ser feliz pra sempre. a gente poderia resolver isso e depois resolver que o mundo tem suas limitações e depois resolver que não tem limitação coisa nenhuma. a gente poderia mudar de opinião juntos e tornar a vida menos solitária e tediosa. olha, é simples, são sete números e uma única chance de conhecer uma mulher super bacana. que, sim, tem chulé às vezes, tem bafo às vezes, tem ataques de histeria, ciúme e infantilidade às vezes. tá bom, é mais do que às vezes, mas se você me ocupar com bom papo e carinho, eu juro que esqueço um pouco meu lado que não sabe se relacionar. pérai, tá tocando aqui. tem que ser você, tem que ser você. tem que ... meeeeeeerda! pena que não dá para processar o “Vivo Informa” por propaganda enganosa. :(

terça-feira, 5 de abril de 2011




Como é que fica o mundo quando destranco minha bolha? Sofrer é de uma arrogância egocêntrica sem limites. Tenho medo de dobrar a esquina de casa. Tenho medo de fazer aniversários. Tenho medo de ser mulher. Tenho medo que me magoem. Tenho medo de estarem rindo do quanto eu sou feliz quando alguém me abraça e eu me largo um pouco. Minha cabeça pesa quilos demais pro meu pescoço. Alguém por favor só me segura um pouquinho? Tenho medo de acordar.

=)


 queria que todos os dias amanhecessem assim. que todos os sorrisos fossem como os de hoje. que todas as noites de amor fossem eternas. que a vontade de ser feliz todos os dias fosse o único motivo válido para viver. que o amor fosse sempre um lugar seguro e que as pessoas que amamos fossem sempre felizes.

:)


"porque, quando você está com medo da vida, é na minha mania de rir de tudo que você encontra forças. e, quando você está rindo de tudo, é na minha neurose que encontra um pouco de chão. e, quando precisa se sentir especial e amado, é pra MIM que você LIGA. e, quando está longe de casa gosta de ouvir minha voz pra se sentir perto de você. e, quando pensa em alguém em algum momento de solidão, seja para CHORAR ou para ter algum pensamento mais safado, é em mim que você pensa. e agora eu sei de tudo. mas chega disso. caiu finalmente a minha ficha do quanto você é, tão e somente, um cara burro. e do quanto você jamais vai encontrar uma mulher que nem eu nesses lugares deprê em que procura. e do quanto a sua felicidade sem mim deve ser pouca pra você viver reafirmando o quanto é feliz sem mim e principalmente viver reafirmando isso pra mim. sabe o quê? du vou para a cama todo dia com 5 livros e uma saudade imensa de você, ao invés de estar por aí caçando qualquer mala na rua pra te esquecer ou para me esquecer. porque eu me banco sozinha e eu me banco com um coração. E não me sinto fraca ou boba ou perdendo meu tempo por causa disso. (...) quero que lembre que tenho algo que certamente você não encontra "nelas": a-s-s-u-n-t-o. bastante assunto. eu não faço desfile de moda todos os segundos do meu dia porque me acho bonita sem precisar de chapinha, salto alto e peito de pomba. eu tenho pena das mulheres que correm o tempo todo atrás de se tornarem a melhor fruta de uma feira. pra depois serem apalpadas e terem seus bagaços cuspidos. e eu, finalmente, deixei de ter pena de mim por estar sem você e passei a ter pena de você por estar sem mim. coitado!"

quinta-feira, 31 de março de 2011

:(


e eu tenho vontade de segurar seu rosto e ordenar que você seja esperto, e jamais me perca e seja feliz.

segunda-feira, 28 de março de 2011

=))

 percorri tantas fontes até ver você sair do nada pros meus horizontes, que a manhã, pura e sã, com as mãos de jasmim, vá roçar seu rosto pro amor ardente despertar em mim.

domingo, 27 de março de 2011

eu te preciso, perto, longe, tanto faz.




"se eu me apaixonar, vê se não vai debochar da minha confusão. uma vez me apaixonei, e não foi o que pensei. estou só desde então.. se eu me entregar total meu medo é: você pensar que eu sou superficial.. se eu não fizer amor assim sem mais .. se você brigar e for correndo atrás de alguém não vou suportar a dor de ver que eu perdi mais uma vez o meu amor. mas se eu sentir que nós estamos juntos, longe ou a sós, no mundo e além, pode crer que tudo bem! o amor só precisa de nós dois, mais ninguém! se você quiser ser meu namoradinho, e me der o seu carinho sem ter fim pra você eu digo: sim!"


"eu vou deixar pra lá, fingir que esqueci, agir como se não importasse. o que é verdadeiro, volta e quem tem que ficar, fica."


"você nem precisa dizer alguma coisa no telefone basta ligar e eu fico ouvindo o seu silêncio, juro como não peço mais que o seu silêncio."




 saudade. saudade. saudade. saudade. saudade. saudade. saudade. saudade. saudade. saudade. saudade. saudade. saudade. saudade. saudade. saudade. saudade. saudade. saudade. saudade. saudade. saudade. saudade. saudade. saudade. saudade. saudade. saudade. saudade. saudade. saudade. saudade. saudade.

passou!


 pra você ver .. não era mal de amor, nem de dor, nem de preguiça, nem de não ter o que fazer. era só mal de amiga, de saudade, de diversão de verdade, de rir com vontade! de estar e me sentir feliz de novo, motivada, querendo tudo que eu puder querer de novo. é assim, tem dor que nem remédio cura, é só estar perto de quem a gente gosta que passa tuuuudo rapidinho! como se nada nos tivesse acontecido. =)

clariceando :*


 "não me provoque, tenho armas escondidas.. não me manipule, nasci pra ser livre.. não me engane, posso não resistir.. não grite, tenho péssimo hábito de revidar.. não me magoe, meu coração já tem muitas mágoas.. não me deixe ir, posso não mais voltar.. não me deixe só, tenho medo da escuridão. não tente me contrariar, tenho palavras que machucam.. não me decepcione, nem sempre consigo perdoar.. não espere me perder, para sentir minha falta.." (clarice lispector)

oi =)



são 05:44 e com toda a minha integridade e sinceridade, eu precisava dizer, que me irrita mesmo me imitar. que seja com versos de algum poeta que no meu caso, preferidos são: CLARICE LISPECTOR (antes de qualquer coisa) e Caio Fernando Abreu; existem milhões é sério, precisa me imitar? mas assim, me sinto mais importante que sou, ainda mais HOJE. de certa forma, obrigada! beijo pras fãs. se quiser autografo, entre em contato.


"a gente tem, e se não tem Deus dá, e se Deus não dá a gente inventa, você sabe, é fácil". se ainda sim, nao conseguir, IMITA, querida" =)
boa noite ou bom dia né .. s2

sexta-feira, 25 de março de 2011


sou muito atraente quando estou sozinha, é incrível, meu cabelo fica lindo, eu coloco a roupa mais confortável que milagrosamente me deixa muito bem. eu escuto músicas e sou de um jeito que ninguém nunca me viu ser, canto, danço, choro ou sorrio. as vezes me sinto sozinha, e converso com Deus, ou penso que deveria ter feito algo que não fiz. sou madura e penso bastante no futuro, meu quarto é o maior lugar de pensamentos e ideias não feitas. eu leio um livro, penso na cena e em falas, jogo meu cabelo para um lado, e sorrio de um jeito que sei que encantaria qualquer pessoas. o engraçado é que é o lugar e o momento que eu sou mais interessante, e ninguém vê. :/
 
"eu não sei de onde vem essa força que me leva pra você, eu só sei que faz bem mas confesso que no fundo eu duvidei, tive medo e em segredo, guardei o sentimento e me sufoquei.: eu tô apaixonada, eu tô contando tudo e não tô nem ligando pro que vão dizer. amar não é pecado, e se eu tiver errada, que se dane o mundo,eu só quero você." mas agora é a hora, eu vou gritar pra todo mundo de uma vez."

desassossego! =)




e assim sou, fútil e sensível, capaz de impulsos violentos e absorventes, maus e bons, nobres e vis, mas nunca de um sentimento que subsista, nunca de uma emoção que continue, e entre para a substância da alma. tudo em mim é a tendência para ser a seguir outra coisa; uma impaciência da alma consigo mesma, como com uma criança inoportuna; um desassossego sempre crescente e sempre igual. tudo me interessa e nada me prende. ;*

=)


 "talvez fosse a exata sintonia, do exato alinhamento, da exata fração de segundo que motivasse duas presenças tocadas dessa maneira. e se existir um próximo encontro, por mais breve e estático que seja, será só pelo encanto do sorriso mais sincero do meu caminho. e no meio de tudo, alguém pareceu se importar e demonstrar caráter. ainda que eu parasse no tempo e buscasse a razão, seria só por não encontrar opções de fuga quando me prendo na hipnose dos olhos sorrindo."

(desconhecido)

quinta-feira, 24 de março de 2011

eu era tão feliz, e nem sabia, amor!






e a gente chorava porque queria mamar, porque queria mamãe, porque queria brincar, porque não queria nada, porque te morderam na escola, porque você caiu ou porque passatempo já não era seu biscoito preferido. isso tudo sem saber por tudo o que realmente se teria que passar. não sei quanto daria pra voltar e tentar aprender tudo o que agora me faz sofrer, e eu só posso realmente aprender quebrando a cara e caindo, e um simples calma vai passar, já não funciona. mas é bom saber que eu fui feliz sem me preocupar com nada. e pra sermos francos, ouço constantemente que palavra de mãe é pra se escrever. e a minha me diz todo dia bem baixinho: calma! tudo vai ficar bem .. =)



"menininha do meu coração, eu só quero você a três palmos do chão. menininha, não cresça mais não, fique pequenininha na minha canção. senhorinha levada, batendo palminha, fingindo assustada, do bicho-papão. menininha, que graça é você. uma coisinha assim, começando a viver. fique assim, meu amor. sem crescer porque o mundo é ruim, é ruim. e você vai sofrer de repente, uma desilusão. porque a vida é somente. teu bicho-papão. fique assim, fique assim. sempre assim e se lembre de mim, pelas coisas que eu dei! e também não se esqueça de mim, quando você souber enfim, de tudo o que eu amei!"
música que mamãe leu pra mim quando eu nasci, e sempre me manda! <3

ANJO!

"hoje eu acordei mais cedo, e fiquei te olhando dormir. imaginei algum suposto medo, para que tao logo
pudesse te cobrir. tenho cuidado de voce todo esse tempo. voce esta sob o meu abraço e a minha proteçao. tenho visto voce errar e crescer, amar e voar. você sabe onde pousar. ao acordar ja terei partido, ficarei de longe, escondido. mas sempre perto decerto. como se eu fosse humano, vivo! vivendo pra te cuidar, te proteger. sem voce me ver, sem saber quem sou; se sou seu anjo, ou se sou amor. afinal, quem eu sou? seu anjo ou seu amor? tenhos asas? anjos protegem, cuidam! aparecem invisiveis, humanos tambem; quando amam. quero dizer, que ja nao importa, saber de onde venho, se tudo que sou pra voce é amor. e se ainda assim quiser voar, te levo comigo, te mostro as estrelas, outros alados, Deus. a vida celeste! depois voltaremos pra casa. e mais uma vez humanos, nos amarmos, ate morrermos. pra dizer que é seu o anel. sou o seu amor na terra, e seu anjo no céu."

(poema anjo)

the beginning .. =)

precisava de alguma maneira, qualquer ela que fosse, não explodir dentro de mim. não deixar que toda essa euforia, essa confusão de sentimentos, tédio, insonia, sonho, ilusão e alegria se tornassem mais exaustivos dentro de mim. a exaustão de guardar sentimentos tem me consumido, me contraido, me distraido de tal forma que eu nem sei de onde vim, e muito menos pra onde vou ou se vou. hora quero matar, hora quero morrer, hora quero viver pra sempre, sem pensar em absolutamente nada. sim! hora sou vidro, se me jogar, me deixar cair eu quebro numa facilidade incrivel, mas acho que muito alem disso sou mais vidro pelo fato de que se pisarem eu corto. embora amor eu tenha, mas as vezes parecem farpas. não que sejam propositais! mas saem, sem que eu pense. e as vezes acho que é por pura bondade que sou boa! sou malcriada demais, revoltada demais, embora depois caia em mim e peço desculpas. sou uma espécie de  passaro selvagem que não aceito gaiolas. e olha tenho outro problema, não consigo acreditar em nada, a nao ser que me façam sentir. tenho em mim a real certeza que sou minha, eu pertenço a mim e me repito isso todo dia, até porque acredito que ninguem consiga ser eu mais do que eu, eu sou simplismente eu. Tenho idéias formadas e próprias e não suporto quem troca de opinião, como troca de roupa. Assumo que tenho gênio difícil e insisto em esconder meus sentimentos. mas quando os assumo, me jogo de cabeça de coração, de cabeça, de cada pedacinho de cada partezinha do meu corpo, seja com amigos ou amores. eu simplismente vivo pra sentir, me beije, me abrace, me provoque, me belisque se quiser, mas me faça sentir.



"como se sente, na volta por cima? pensando ao contrário, a vida ensina"